fbpx
Automação Industrial
O Automação Industrial é o maior site sobre automação industrial do Brasil. Aqui te entregamos o melhor conteúdo técnico e dicas sobre automação e instrumentação.

Já implementou a IIoT? Saiba como proteger sua Infraestrutura Industrial

A digitalização da indústria, também conhecida como IIoT (Industrial Internet of Things) ou Indústria 4.0, já é realidade em diversos setores no Brasil.

Esse novo modelo de manufatura é composto por tecnologias que envolvem a conexão entre maquinário, no chão de fábrica, e processos industriais, interligando-os a sensores, hardwares de controle e softwares. Trata-se de uma comunicação entre equipamentos e inteligência, que resulta em análises precisas e aumento da eficiência para a cadeia de produção.

Mas, para acompanhar toda essa evolução, reforçar a segurança com relação a infraestrutura de internet, cibersegurança e treinamento de pessoal é importante.

Sistemas

Após a implementação do maquinário de processo industrial e para manter a continuidade da fabricação, o primeiro ponto é garantir que se tenha conexão estável, seja qual for o ambiente de internet, de modo a assegurar a digitalização. É preciso definir uma estratégia de rede (servidor, etc.) que seja sempre revisitada.

Também é importante que essa estratégia seja alinhada com a cibersegurança. Ao contrário do que antes era senso comum, a segurança cibernética, hoje, não é voltada apenas a computadores. Na indústria, é ela quem garante a proteção das máquinas, evitando interferências ou ataques ao sistema.

Mas, em um cenário tão dinâmico, além de manter uma atualização contínua dos softwares de proteção, vale contar com soluções de segurança mais robustas.

Um exemplo é o EcoStruxure Triconex, da Schneider Electric.

Atualmente em sua versão 11.3, o sistema (escalonável) permite melhor disponibilidade e tempo de vida de desempenho para aplicações de segurança crítica, incluindo paradas de emergência, fogo e gás, gestão de queimadores, proteção de pressão de alta integridade e controle crítico.

O Tricon CX é duplamente certificado (TÜV Rheinland e ISASecure EDSA Level-1) e compatível com os padrões IEC 62443, atendendo requisitos de defesa, cibersegurança, redução de riscos e operação contínua nas indústrias de petróleo e gás, refinarias, petroquímicas, energia e outras de alto risco.

Treinamento de pessoal

Outro ponto considerável para acompanhar e manter uma solução IIoT segura é em relação ao treinamento e capacitação de pessoal.

Aqui, vale ressaltar que a maioria dos ciberataques acontecem de dentro para fora e não ao contrário (com pendrives e abertura de arquivos suspeitos, por exemplo). Para evitar que esse tipo de situação aconteça, é necessário realizar uma capacitação contínua de funcionários, operadores e parceiros integradores de sistema, ou seja, todos aqueles que lidam com a produção.

Esse conjunto de ações é extremamente valioso quando se trabalha com Indústria 4.0.

São procedimentos que ajudam a garantir que a infraestrutura para manufatura avançada esteja sempre segura e em constante funcionamento, além de aumentar a competitividade da empresa, já que ela estará preparada para acompanhar a digitalização do mercado.

1 comentário
  1. cledimar santana Diz

    tanto para a manutenção do sistema e a proteção dos ciberataques , a industria tem que ter profissionais altamente treinados.

    Cledimar Santana Técnico de Automação Industrial

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.