fbpx
Automação Industrial
O Automação Industrial é o maior site sobre automação industrial do Brasil. Aqui te entregamos o melhor conteúdo técnico e dicas sobre automação e instrumentação.

ABB apresenta soluções para os desafios de fabricação de alimentos e bebidas na Fispal 2018

A ABB estará presente na Fispal Tecnologia 2018, que acontece entre os dias 26 e 29 de junho, no São Paulo Expo, na capital paulista. A companhia focará nesta edição da feira nos quatro principais desafios atuais das indústrias do segmento de alimentos e bebidas: qualidade de energia, eficiência energética, produtividade e digitalização.

“Ouvimos histórias semelhantes de nossos clientes em todo o Brasil. Eles estão analisando sua produção para saber onde melhorias na eficiência de fabricação podem ser feitas, como a automação e a digitalização podem ajudar a reduzir o desperdício e melhorar sua produtividade, e como as soluções de qualidade de energia podem manter a produção funcionando apesar dos problemas de energia da rede”, disse Antonio Federico, Diretor de Alimentos e Bebidas da ABB Brasil.

De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (ABIA), a indústria de alimentos e bebidas no Brasil é um setor importante para a economia brasileira: US$ 33,5 bilhões em alimentos processados, que totalizam US$ 642,6 bilhões em receitas. 35.600 empresas são responsáveis ​​por gerar cerca de 1,6 milhão de empregos diretos, sendo considerado o maior empregador na indústria da transformação.

A participação de mercado da ABB na indústria de alimentos e bebidas tem crescido nos últimos três anos. A expectativa é alcançar um crescimento ainda maior em 2018, auxiliado pela aquisição estratégica da B&R, maior fornecedora de automação de máquinas, com foco principalmente no engarrafamento de bebidas.

Outro importante fator de crescimento foi o estabelecimento e consolidação do time de alimentos e bebidas no Brasil.

Destaques da ABB na Fispal e os indicadores da indústria

O setor industrial foi o maior responsável pelo consumo de energia no Brasil em 2016, alcançando o índice de 33% de acordo com o Balanço Energético Nacional (BEN). Apesar da instabilidade da atividade industrial o setor de alimentos e bebidas aumentou o consumo em 9,6% no mesmo período. O peso do custo de energia no setor tem grande impacto para a sobrevivência do negócio.

Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI), a produtividade do trabalho na indústria de transformação brasileira aumentou 1,3% no quarto trimestre de 2017, em relação ao trimestre anterior. No ano, a produtividade cresceu 4,5%, na comparação com 2016. O aumento do indicador, em 2017, reflete o crescimento de 2,2% do volume produzido e queda, no mesmo ritmo, das horas trabalhadas.

De acrodo com a ABB, a produtividade na indústria de alimentos e bebidas deve ser medida não apenas pelo aumento do volume de produção, mas principalmente pelo desempenho, eficiência, manutenção mais baixa e indicadores de processo de flexibilidade operacional.

A implementação do conceito da Indústria 4.0 não é só uma tendência, mas uma realidade. O papel da digitalização e automação nesse processo é conectar dispositivos e simplificar o acesso à informação. Isso permite o conceito de “detectar, analisar, agir”. Sensores e soluções de conectividade fornecem acesso a dados que são analisados para fornecer recomendações com as quais os fabricantes podem atuar para melhorar o desempenho de produção.

Soluções certas para os desafios certos

Qualidade de energia: Como forma de aumentar a eficiência e produtividade, a ABB tem várias soluções para qualidade de energia que visam prolongar a vida útil do equipamento e reduzir o tempo de inatividade da produzindo, monitorando as grandezas elétricas e utilizando o conceito da conectividade em nuvem. Será possível conhecer em detalhe a ferramenta digital ABB Ability EDCS (Sistema de Controle de Distribuição Elétrica), da oferta digital da ABB, que gerencia energia, monitora o ciclo de vida do disjuntor, cria alarmes para eventos pré-definidos e gera relatórios para monitoramento em uma plataforma digital.

Eficiência Energética: o uso de inversores de frequência (drives), equipamento responsável pelo controle da velocidade dos motores, permite economia de energia e previne o desgaste do motor, prolongando sua vida útil. O resultado pode ser ainda melhor se combinado com o Smart Sensor ABB Ability, para monitoramento de condições de motores de baixa tensão. Você também poderá ver os motores laváveis da ABB e conferir o funcionamento de um sistema inteligente de bombeamento. Equipamentos de instrumentação e analítica, como o medidor de nível a laser, que elimina o risco de contaminação, fazem parte das soluções exibidas.

Produtividade: os visitantes conhecerão o RacerPack, sistema robotizado de alta velocidade para encaixotamento de embalagens flow pack em bandejas ou caixas. Utilizando os robôs FlexPicker IRB 360 e Scara IRB 910SC, o sistema garante produção contínua, sem paradas e com baixos níveis de manutenção. Essa combinação, juntamente com a precisão e velocidade dos robôs da ABB, proporciona máxima eficiência e performance, resultando em ganhos significativos de produção. O Racerpack já está operando em várias linhas de produção ao redor do mundo, manipulando diversos produtos como picolés, barras de chocolate, cereais e produtos congelados.

Digitalização: o sistema de automação e controle ABB Ability 800xA permite que você reúna todos os dados em uma única plataforma, trabalhando em conjunto com o gerenciamento de operações de fabricação (MoM) do ABB Ability para melhorar as operações, facilitando a tomada de decisões. A solução pode ser aplicada em qualquer estágio do processo de produção. Do ponto de vista gerencial, usando esses sistemas, é possível ter dados de produção e registro de consumo de cada unidade para cada máquina. Esses dados ajudam o gerenciamento da produção a tomar decisões sobre onde será melhor começar a produzir um novo produto. Do ponto de vista operacional, você pode ter um sistema que facilitará a operação, com uma interface única para todos os equipamentos/sistemas.

Para demonstrar tais possibilidades na prática, a ilha de Digitalização centralizará as informações das outras três ilhas no estande da ABB. Os visitantes perceberão que, através da conectividade entre Digitalização e os demais, será possível monitorar e controlar os processos apresentados em outras ilhas.

O barista do nosso stand: Robótica colaborativa

A ABB vê uma grande oportunidade para a expansão da robótica colaborativa no segmento de alimentos e bebidas.

O já famoso robô YuMi, primeiro robô industrial de dois braços colaborativo do mundo, estará no centro do estande preparando um café quentinho para os visitantes. O robô também entregará um convite para uma visita ao estande da B&R, que terá um robô idêntico também interagindo com o público.

Batizado de YuMi pela junção das palavras “you and me”, o robô foi desenvolvido para manipulação de objetos pequenos e trabalhar ao lado dos seres humanos, sem oferecer riscos. O robô pesa 38 kg e pode ser ligado em uma simples tomada. Sua versatilidade permite a aplicações para montagem de caixas de bombons, entre outras.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.