O que são Redes Industriais? (Parte I)

Vou iniciar a explicação para esta pergunta, contando uma pequena história sobre uma padaria. Padaria? Sim. Vocês verão que ao final do texto, tudo fará sentido. Suponhamos que nossa padaria tenha três andares. Em cada um desses andares existem dois departamentos: entrada e saída (de qualquer coisa que entre ou saia de cada um desses andares).

No primeiro andar funciona a expedição. É lá que são despachados para os devidos lugares tudo que chega, ou seja, os ingredientes para se fazer os pães são encaminhados para as camadas de cima e os pães prontos são encaminhados para os clientes que os compraram.

No segundo andar é feito o armazenamento das mercadorias e empacotamento dos pães prontos: os ingredientes, que foram enviados pelo primeiro andar, são armazenados em seus devidos lugares e os pães prontos, que foram enviados pelo terceiro andar, são embalados e enviados para o primeiro andar, para que sejam despachados para os clientes.

No terceiro andar são fabricados e assados os pães. Nesse ponto são recebidos os ingredientes necessários para a fabricação dos pães que, após assados, são enviados para o segundo andar e, em seguida, para o primeiro andar.

Detalhes importantes:

  • A comunicação entre os andares é feita de forma que, o primeiro andar só consegue se comunicar com o segundo andar. O segundo consegue se comunicar com o primeiro e o terceiro, e o terceiro andar se comunica apenas com o segundo. Essa comunicação é feita através de um walk-talk;
  • No primeiro andar existem portas de todos os lados, que possibilitam que a entrada e saída de material da padaria, possa ser feita por vários caminhos, já que a padaria tem diversos clientes e cada um mora em um lugar diferente. Esses caminhos são as ruas;
  • Essas ruas ligam as padarias aos seus clientes. O departamento de expedição da padaria pode se comunicar apenas com o departamento de expedição dos clientes (sim, os clientes também possuem seus departamentos);
  • A encomenda é transportada da padaria até a casa dos clientes através de bicicletas, motos, carros, vans, caminhões ou qualquer outro meio de transporte. Isto será definido de acordo com a quantidade de pães que sairá da padaria.

Veja a Figura 1:

 

Figura 1 – Exemplo da rede proposta no texto
Figura 1 – Exemplo da rede proposta no texto

 

Ficou claro o esquema da nossa padaria? Então vamos agora, associar cada parte deste texto, ao assunto que realmente nos interessa: as Redes. Tudo começa com a comunicação de dados e as redes de computadores.

Não há como explicar as redes industriais, sem falar sobre esses dois assuntos antes.

A comunicação de dados trata do envio de dados através de um meio físico, que pode ser cabo, fibra-ótica, infravermelho etc. No caso da nossa história, nossos meios físicos são:

  1. O ar: Já que a troca de mensagem entre os walk-talks é feita sem fios;
  2. A rua: Nesse caso os pães são enviados da padaria para o cliente através de uma rua.

Percebam que o meio físico é o “lugar” por onde  a informação irá “caminhar” até chegar em seu destino. É através dele que a mensagem sai de um lugar e vai para outro.

Já a rede de computadores é a responsável pela ligação entre todos os envolvidos na história, através de um “caminho” (ou uma estrutura de comunicação de dados) de forma que seja possível a troca de informações (nesse caso, pães) entre um lugar e outro. Na vida real, esses “envolvidos na história” são os computadores e a rede que faz essa conexão entre todo mundo é a Internet. Através da Internet nós podemos trocar informações com todas as pessoas que tenham acesso a ela. Seja em forma de e-mails, MSN ou qualquer outro bate-papo, redes sociais…enfim….conseguimos nos comunicar até com quem não conhecemos.

Dentro das redes, tanto na rede de computadores quanto nas redes industriais, o “transporte” dos dados é feito através dos protocolos.

No nosso exemplo, os protocolos foram chamados de motos, carros etc. No caso da rede de computadores, onde falamos mais sobre Internet, utiliza-se o TCP/IP, que é a combinação entre os protocolos TCP e IP. Nas redes industriais existem vários, por exemplo: Profibus, Foundation fieldbus, As-i, DeviceNet etc. Cada um desses protocolos têm suas características e particularidades e a escolha por um determinado tipo é feita de acordo com a necessidade do “lugar” onde este protocolo irá atuar.

 

Figura 2 – Exemplo de uma rede de Internet conectando o mundo todo
Figura 2 – Exemplo de uma rede de Internet conectando o mundo todo

 

Agora que estamos em um ambiente real e que os nomes corretos foram esclarecidos, vou falar na segunda parte deste artigo, sobre o que realmente é e como funcionam as redes de computadores. Nessa parte vocês entenderão também, o motivo pelo qual nossa padaria tem três andares.

Até mais!

Referência bibliográfica:

CERUTTI, F. Apostila de Comunicação de Dados e Redes Industriais. http://inf.unisul.br/~cerutti/disciplinas/redes1/completas.pdf. Acesso feito em: 22 de maio de 2012.