O MES é a ferramenta mais utilizada na Gestão da Produção?

Olá pessoal do Automação Industrial, nesse artigo quero me aprofundar um pouco na solução MES para gestão da produção. Você deve achar que o subtítulo está errado (é mais ou é menos) mas não é o caso. A solução MES (Manufaturing Execution System ou Sistema para Execução na Manufatura) que falamos um pouco no primeiro artigo que escrevi é a ferramenta mais utilizada para a gestão da produção em indústrias de todo o mundo.

Porém ainda poucas empresas utilizam uma solução de gestão da produção, algumas, mesmo nos Estados Unidos e na Europa, utilizam planilhas em Excel para gerar relatórios da produção. Nesse aspecto a solução MES é a menos utilizada.

Porque isso acontece?

Comentei no meu primeiro artigo que a automação industrial evoluiu muito nos últimos anos e muitas empresas utilizam máquinas automáticas, robôs, CLPs e sensores na linha de produção, CNC, etc. A gestão da empresa também ficou mais automatizada com os ERPs, softwares que permitem gerenciar o financeiro, recursos humanos, contabilidade, estoque, compras, etc.

Notou que ficou um abismo no meio da indústria?

De um lado a gestão corporativa e do outro lado a automação industrial. A gestão da produção ficou de fora porque precisa de tecnologia das duas áreas.

É necessário uma solução que contemple relatórios, de preferência gráficos, cadastros, filtros, ou seja, todas as ferramentas técnicas que se encontra em ERPs.

Mas também é necessário que o sistema trabalhe em tempo real, que seja gerados alarmes, dashboards de produção, de OEE, enfim, características do mundo da automação industrial.

Aí como o gestor não tem saída ele recorre a anotação dos dados de produção em papel e depois lança em planilhas excel que gerarão relatórios para reuniões. Na prática isso na representa uma gestão da produção, mas uma analise de ocorridos e uma busca de solução, depois de acontecido.

Normalmente a gestão de produção está tão atolada tentando apagar incêndios que, depois de algum tempo, não participa mais das reuniões de gestão, e tudo volta ao normal/anormal.

Uma solução completa de MES, onde a finalidade principal é gerenciar a execução (ou execution) do que foi planejado (ou planing), deve permitir todos os tipos e formas de relatórios necessários a tomada de decisão mas também gerenciar as informações da produção em tempo real, apresentando esses dados e enviando alarmes caso alguma coisa esteja fora do controle.

O que uma solução MES (Manufaturing Execution System) deve possuir e quais tarefas deve executar?

Em linhas gerais pode-se dizer que uma solução MES deve fornecer informações sobre tudo que acontece na linha de produção, no chão de fábrica.

E aí estão além das controle da produção em si com tempo de produção, atrasos, produtos acabados, refugos, também as máquinas, operadores, o controle de qualidade, a manutenção, enfim tudo que estiver relacionado com a produção.

A MESA Manufacturing Execution System Association (clique aqui para visitar o site) é uma associação de (grandes) fabricantes e usuários de soluções MES que tem a finalidade de estabelecer algumas linhas que permitam que os sistemas MES possam atender as necessidades da industria, mais especificamente, da produção.

Na figura abaixo está o digrama geral do Modelo MESA que mostra quais as operações de negócio como Vendas, Financeiro, Engenharia, Certificações e Controle de Ativos buscam informações e recebem respostas da solução MES. A estratégias como lean manufatcturing, controle da qualidade, etc geram objetivos e esperam resultados da produção.

MES - Manufaturing Execution System (Fluxograma)

Outra fator importante é notar que quanto mais próximo da manufatura/produção mais estamos falando em tempo real, como mostra a linha na lateral direita.

Finalmente temos no diagrama os grupos que fazem parte das operações de manufatura/produção e que devem estar na solução MES e que são:

  • Rastreabilidade de Produtos e Genealogia;
  • Alocação de Recursos;
  • Análise de Desempenho;
  • Gestão de Processo;
  • Aquisição e Coleta de Dados;
  • Gerenciamento da Qualidade;
  • Gestão do Trabalho;
  • Liberação de Produtos;
  • Logística.

Dá para notar que a quantidade de responsabilidade de uma solução MES não é pequena e levando em consideração que o chão de fábrica é para quem tem “nervos de aço” a solução MES deve ter duas características fundamentais:

  1. Robustez: precisa funcionar 24 horas por dia, 7 dias por semana, chova ou faça sol, gerando informação em tempo real;
  2. Flexibilidade: sempre que surgir uma nova necessidade a solução tem que ter capacidade de ser ampliada em pouco tempo para atender a essa nova necessidade, porém sem perder a robustez.

 

MES na Prática (capa)Se você quer saber o que é MES ou como colocar uma solução MES  para funcionar no chão de fábrica quero te convidar a ler  o e-Book “MES na Prática” que você pode fazer o download gratuito acessando o link http://www.kitemes.com.br/ebook-mes-na-pratica/

Até o próximo artigo!

Me formei em engenharia eletrônica ha mais de 25 anos pela UNIFEI (Universidade Federal de Itajubá) onde também fiz Mestrado em Automação Industrial. Tenho dois livros publicados na área de engenharia de software que são: UML na Prática e Orientação a Objetos na Prática, ambos publicados pela editora Ciência Moderna. Sou diretor da Kite, empresa que desenvolve e comercializa sistemas para a gestão da produção incluindo hardware e software utilizando o que existe de mais atual em tecnologia com rede ZigBee, sistema Web utilizando Java, etc.

Um comentário em O MES é a ferramenta mais utilizada na Gestão da Produção?

  1. Cesar Onofre disse:

    Sou estudante do curso Superior de Automação Industrial,pelo IFSP(Instituto Federal de Educação e Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo).Estou no 4°semestre e gostei muito da matéria publicada.Um dos maiores desafios para minha área,é o profissional de Automação ser reconhecimento do profissional.Na hora da contratação alguns empresas preferem o Engenheiro de Automação Industrial.Muitos colegas terminam o curso e complemento fazendo Engenharia em uma determinada área.

Deixe seu comentário...