Inscrições abertas para cursos de mestrado na FEI

O Centro Universitário da FEI (Fundação Educacional Inaciana Padre Sabóia de Medeiros) abriu inscrições para alguns cursos de mestrado em seu campus de São Bernardo do Campo. Para quem pretende estudar no campus de São Bernardo do Campo, as inscrições para os cursos de Engenharia Química, Engenharia Mecânica e Engenharia Elétrica vão até o dia 17 de fevereiro.

Cursos de Mestrado do Centro Universitário da FEI

Também será oferecido, no campus de São Paulo, o curso de mestrado em Administração. Quem deseja se inscrever, pode fazê-la a partir do dia 6 de janeiro. Os cursos possuem duração de um a três anos. As aulas acontecem duas vezes por semana.

Cursos de Mestrado da FEI

Em Engenharia Química, há linhas de pesquisas em “Petróleo, Gás e Biocombustíveis” e “Processos Químicos e Biotecnológicos”. Com uma autorização recente da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), o objetivo do curso é a criação e consolidação de grupos que possam gerar conhecimento técnico-cientifico.

No curso de Engenharia Mecânica, o aluno pode estudar em três diferentes áreas de concentração: Materiais e Processos, Produção e Sistemas da Mobilidade.

Quem opta pelo mestrado em Engenharia Elétrica pode aprender sobre: Dispositivos eletrônicos Integrados, Inteligência Artificial Aplicada à Automação e Processamento de Sinais.

No curso de mestrado em Administração, o aluno pode optar pelo desenvolvimento de suas pesquisas em três linhas distintas: “Sustentabilidade”, “Mercados e Consumo” e “Capacidades Organizacionais”.

Também estão disponíveis cursos de doutorado em Engenharia Elétrica e Administração. O bom é que eles são oferecidos continuamente, ou seja, o interessado pode se inscrever em qualquer um dos dois durante todo o ano. Quem pretende se inscrever em qualquer um dos cursos de mestrado do Centro Universitário da FEI deve dirigir-se até a secretária do campus onde deseja estudar.

site da FEI disponibiliza os detalhes sobre cada curso. É possível obter bolsas da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e da CAPES.